PONTOS DE ENERGIA

CHAKRAS



Querido (a) leitor (a)

Você sabia que em seu corpo existem pontos de energia?

Por mais que acreditemos (ou não) em pontos de energia, todos nós procuramos uma fonte de energia, seja ela no esporte, nos hobbies, numa viagem, na música, numa massagem reconfortante, etc.

Os pontos de energia não são aceitos somente na filosofia yogue, pois acupuntura, massagens em geral, entre outros, também mexem em pontos de energia.

No Yóga, tais pontos são chamados de Chakras ou Tchakras.

Chakra é uma palavra sânscrita que significa, roda, disco, esfera ou vórtice.
Para simplificar um pouco este assunto tão denso, Chákras são centros de energia que acumulam e distribuem energias vitais. Estão ligados a órgãos e glândulas endócrinas e situam-se na posição vertical, acompanhando a coluna vertebral.

É através da respiração que equilibramos tais energias. A respiração, além de ser muito importante para o corpo físico, pois distribui oxigênio através de uma rede de veias e artérias, é também muito importante para equilibrar as energias sutis em nós. Pois, é através da respiração que captamos e distribuímos o prana em nós.

Prana é a energia vital, revitalizadora, que nos acalma, nos energiza, nos tranqüiliza, nos traz alegria, coragem e determinação.

O prana é absorvido ao inspirarmos e distribuído para o corpo sutil através de uma rede de canais (nadis ou meridianos) que alimentam os chakras. Estes, por sua vez, acumulam e transformam a energia vital.

Além da respiração, podemos citar também a importância do sistema endócrino, que está intimamente ligado à complexidade psicossomática do ser humano, pois, é nas glândulas endócrinas que são produzidos os hormônios. Os hormônios são substâncias reguladoras, estimulantes e ativadoras do metabolismo e das funções orgânicas. Quando determinada glândula endócrina produz em excesso ou não produz a quantidade necessária de hormônio, instala-se o desequilíbrio e conseqüente a enfermidade relacionada às funções que cada glândula exerce.

CHAKRAS

Chakra Raiz ou Básico – Muladhara

Situado na região do cóccix, base da espinha dorsal, está relacionado com o sentido do paladar. Seu elemento é a terra. No homem, corresponde a próstata, e na mulher aos ovários. Está relacionado com a quantidade de energia física e vontade de viver. Representa o corpo, sexualidade, instintos básicos, reprodução e saúde.

Chakra do Baço – Swadhistana

Situado na região dos órgão sexuais, na parte inferior do abdômen, corresponde às glândulas supra-renais. Rege as energias sexuais, por onde geramos vida na fisicalidade. Este é o centro de energia que regula os órgãos da reprodução. Seu elemento é a água. Representa o poder, a vontade e o pensamento.

Chakra do Plexo Solar – Manipura
Situado na região umbilical, corresponde á glândula pâncreas.

É a partir dele que regulamos a energia vital necessária a nossa sobrevivência, à digestão, absorção alimentar, o controle da respiração. O Manipura rege a vida vegetativa.

Representa o viver, o sentir, o saber, a força, o fogo que queima as impurezas e a religiosidade pura e verdadeira. Seu elemento é o fogo.

Chakra Cardíaco – Anahata

Situado na altura do coração, no plexo cardíaco, corresponde à glândula timo. Quando em equilíbrio e expandido, potencializa a nossa capacidade de amar e ser amado, de maneira incondicional. Responsável pelo sistema imunológico em nós. É o templo sagrado onde cintila a chama trina do Amor, Sabedoria e Poder. Seu elemento é o ar.

Chakra Laríngeo – Vishuddha

Localizado na região da garganta. Representa nossa forma de expressão e comunicação. Quando expandido, nos dá o poder de nos expressarmos de forma clara, bela e harmoniosa.

O quinto chakra rege a glândula tireóide e também é responsável pelo rejuvenescimento e longevidade. È o caminho, a passagem, que as emoções contidas no coração necessitam atravessar para serem harmonizadas.

Chakra Frontal - Ajna

Localizado entre as sobrancelhas, também conhecido como terceiro olho.

Rege a glândula pituitária localizada na base do crânio, conhecida como glândula mestra, ou regente, pelo fato de que seus hormônios têm por missão principal regular as atividades das demais glândulas do organismo.
É de importância fundamental na cura a distância. É um portal para a percepção, visão interior, autoconhecimento, visão de mundo e como criamos nossa própria realidade.

Chakra Coronário – Sahasrara

Localizado no alto da cabeça, é o sétimo chakra e corresponde à glândula pineal.

É nele que reside o chitta, a essência do ser, a realização espiritual.

Está relacionada com as conexões internas e universais.

Primeiramente, precisamos ter em mente que tudo o que foi explicado acima, faz parte da filosofia do Yóga

Este caminho é psíquico e não filosófico. Existencial e não teórico. É a transcendência do ego para a realização da consciência e aceitação e conhecimento do ser interior.

Faça o melhor de si, por si, pela sua existência, pratique Yóga.

Até a próxima e Namaste!

Escreva para nós, dê sua opinião sobre a coluna, e nos fale sobre assuntos de seu interesse.

www.alphayoga.com.br

Profª Maria Perpétua Brassanini
Consultora em Yóga Laboral
Especialista em Síndrome de Down
Calçada Antares, 63 Cj. 01 – Alphaville

11 4153-1847

11 9634-4225